Remuneração Variável como incentivo para crescimento empresarial: Empresa de Seguros

Introdução

Em agosto de 2016, a Consultoria RH Junior foi procurada por uma empresa de consultoria e corretora de seguros, fundada em 2009. Esta conta com apenas sete funcionários, sendo uma das menores empregadoras da região.

No mesmo ano, a Consultoria RH Junior havia estruturado uma Descrição de Cargos e Funções, bem como um Plano de Carreira nessa organização. Após os resultados apresentados pelo projeto implementado, os quais os levaram à um novo panorama empresarial com perspectiva de crescimento e membros motivados, a organização notou o impacto de uma gestão de pessoas bem estruturada.

A partir da busca por outras possibilidades para otimizar o ambiente corporativo e alavancar o crescimento da seguradora e de seus colaboradores como um todo, a empresa em questão contatou a Consultoria RH Junior à procura de novas soluções estratégicas.

Perante esta oportunidade, e a partir de um diagnóstico, a Consultoria RH Junior concluiu que uma Política de Bônus seria a ferramenta ideal para complementar as ações efetuadas no projeto anterior e permitir que a empresa alcançasse seus objetivos.

 

Desenvolvimento

1. Reunião com o Gestor da Empresa

A primeira etapa do projeto consistiu em uma reunião com o gestor da empresa. Através dessa, os consultores puderam compreender melhor os desafios da organização, de forma a analisar o seu contexto após a implementação do projeto anteriormente vendido.

A Consultoria RH Junior foi requerida para elaborar e implementar, perante os parâmetros vigentes na lei, uma política de Remuneração Variável Mensal. Essa ferramenta consiste em um conjunto de instrumentos de recompensa variável, baseado em metas que complementam a remuneração total do colaborador, associadas ao desempenho profissional de uma equipe, da empresa e até mesmo do funcionário individualmente.

O objetivo do gestor, ao optar por esse serviço, foi vincular as metas empresariais às metas dos funcionários, como forma de incentivo e motivação, visando impactar diretamente no desenvolvimento contínuo e sustentável da empresa. Dessa forma, os benefícios de uma política de Remuneração Variável tocam tanto os colaboradores quanto a organização, visto que, vislumbra-se um aumento do faturamento da empresa e de sua rentabilidade, uma vez que os colaboradores tornam-se ainda mais motivados pela possibilidade de receber uma forma de bonificação.

2. Elaboração da Documentação

A segunda etapa do projeto foi a elaboração da documentação estruturada referente à remuneração variável a ser aplicada. Neste caso, a ferramenta de incentivo proposta pela Consultoria RH Junior como a mais adequada foi a Política de Bônus, ou seja, a de um ato remuneratório concedido aos colaboradores quando atingissem uma meta vinculada à meta da empresa, devendo ser pago mensalmente, sempre no mesmo dia de pagamento do salário fixo de cada colaborador.

A Consultoria RH Junior validou, então, um documento estabelecendo metas e condições para a concessão do bônus, o qual variava em quesitos percentuais dependendo dos cargos ocupados e dos clientes para os quais os seguros fossem vendidos.

 

Conclusão

Após a implementação do projeto, pode-se observar uma satisfação do gestor, bem como dos colaboradores, decorrente de uma relação de ganha-ganha, viabilizada através da ferramenta de Política de Bônus estabelecida pela Consultoria RH Junior.

Com os membros devidamente reconhecidos pelo seu trabalho e empenho, por meio das recompensas concedidas pela ferramenta implementada, o engajamento com a empresa e a motivação destes ampliaram-se, sendo ainda mais notáveis e impactantes no crescimento da organização.

Esta, por sua vez, adquiriu maior e melhor perspectiva de crescimento através da política de Remuneração Variável, meio efetivo para incentivar os colaboradores e promover um ambiente propício ao desenvolvimento e cumprimento de metas vigentes.