A Importância dos Benefícios e suas Vantagens no âmbito empresarial

Com o objetivo de estabelecer um bom clima organizacional, grandes empresas oferecem cada vez mais benefícios, como plano de saúde, vale transporte, vale alimentação e auxílio creche. Apesar de algumas organizações tentarem ampliar essas vantagens, a maioria cai no senso comum, uma vez que todas oferecem os mesmos benefícios clichês. Dessa forma, o que deveria ser uma maneira de privilegiar os funcionários e atraí-los para as corporações, transformou-se em uma obrigação e um requisito básico esperado pelos funcionários.

Empresas como o Facebook e a Pixar observaram a importância desses benefícios para o progresso dos funcionários. Áreas de jogos e restaurantes foram implementadas na empresa a fim de oferecer maior interação dos funcionários para que os mesmos possam trabalhar da melhor forma possível e beneficiar, assim, o produto final das empresas. Além disso, os privilégios são uma maneira importante para valorização profissional, principalmente pelo fato da geração Y estar em um constante compromisso consigo mesma ao invés de com as corporações. Isso leva os novos trabalhadores a mudarem de empresas sem muitas dificuldades, já que, atualmente, um cidadão norte-americano passa em média por 11 empregos na vida. Logo, as empresas necessitam de novas estratégias para sair do senso comum e estimular os novos talentos do mundo dos negócios, para que os funcionários continuem se desenvolvendo mesmo dentro da empresa.

Ademais, algumas organizações receiam oferecer grandes benefícios para seus funcionários por medo de prejudicar o seu profissionalismo, isto é, que os funcionários passem a trabalhar pelos benefícios e não pelo objetivo da empresa. Porém, as organizações mais desejadas na atualidade são também as maiores empresas no mundo em questão de rentabilidade. Como, por exemplo, o Google: o valor da marca atualmente é de R$ 229 bilhões de dólares e a empresa é a mais procurada por funcionários do mundo inteiro, por conta dos benefícios entregues a seus colaboradores, tais como open food, espaços de integração com puffs e vídeo games, e ‘’Dia de levar os pets para o trabalho’’. Essas são algumas das atitudes da empresa perante ao funcionário, o que faz com que suas atividades diárias sejam prazerosas e o trabalho vire um desejo e não uma obrigação, tornando-o mais produtivo do que em outras empresas.

Essas inovações de benefícios não estão presentes apenas em grandes empresas, algumas startups alavancaram por conta da dedicação de seus funcionários. Como é o caso do Uber e Airbnb, empresas com menos de 10 anos que hoje têm grande parte do mercado e conseguiram, por meio de open spaces e áreas de lazer, criar um sensação de pertencimento à empresa em seus funcionários. Assim eles vestem a camiseta da marca e trabalham com prazer em função do negócio. Sendo esse, um dos principais motivos para a empresa se tornar competitiva no mercado.

Dessa maneira, para que as empresas possam ter maior comprometimento e dedicação de seus funcionários, é necessário sair do padrão de benefícios oferecidos e estimular a produtividade e a captação de novos talentos para o próprio negócio; além de otimizar o resultado financeiro e a competitividade da empresa no mercado atual.

Por Anna Paula Magalhães, graduanda em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas e Gerente de Recursos Humanos na Consultoria RH Junior.